Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Livro dos Espíritos  |  Livro Segundo: Mundo Espírita ou dos Espíritos   |  Capítulo II   |  12/06/2019
ENCARNAÇÃO DOS ESPÍRITOS - DA ALMA 11

O Livro dos Espíritos

 

Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da Humanidade (Segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec).

 

LIVRO SEGUNDO

 

“MUNDO ESPÍRITA OU DOS ESPÍRITOS”

 

CAPÍTULO II – ENCARNAÇÃO DOS ESPÍRITOS

 

 

QUESTÕES DE 132 A 148

 

I - Finalidade da Encarnação

II - Da alma

III – Materialismo

II – Da Alma – q. 134 a 146 a.

 

      144 – Que se deve entender por alma do mundo?

     “- O princípio universal da vida e da inteligência de que nascem as individualidades. Mas os que se servem dessa expressão, frequentemente não se entendem. A palavra alma tem aplicação tão elástica, que cada um a interpreta de acordo com as suas fantasias. Tem-se às vezes atribuído uma alma à Terra, e por ela é necessário entender o conjunto de Espíritos abnegados que dirigem as vossas ações no bom sentido, quando os escutais e que são de certa maneira os lugares-tenentes de Deus junto ao vosso globo.”

 

     O desenvolvimento orgânico está sempre em relação com o desenvolvimento do princípio intelectual. O organismo se completa à medida que se multiplicam as faculdades da alma.

 

     Se, portanto, a Terra fosse um ser animado servindo de corpo a uma alma especial, essa alma, por efeito mesmo da sua constituição teria de ser ainda mais rudimentar do que a do pólipo, visto que a Terra não tem sequer, a vitalidade da planta, ao passo que, pelo papel que lhe atribuíram à alma, fizeram dela um ser dotado de razão e do mais completo livre-arbítrio, em resumo: um como Espírito superior, o que não é racional, porquanto nunca nenhum Espírito se achou menos bem aquinhoado, nem mais aprisionado. Ampliada neste sentido, a ideia da alma da Terra tem, então, de ser arrolada entre as concepções arroladas e quiméricas”.

 

     Por alma da Terra, pode-se entender-se, mais racionalmente, a coletividade de Espíritos incumbidos da elaboração e da direção de seus elementos constitutivos, o que já supõe certo grau de desenvolvimento intelectual; ou melhor ainda: o Espírito a quem está confiada a alta direção dos destinos morais e do progresso de seus habitantes, missão que somente pode ser atribuída a um ser eminentemente superior sem saber e em sabedoria”. (Ver “A Gênese cap. VII, 4 e 7).

 

       Síntese:

 

     A Terra não tem alma que propriamente lhe pertença porque não é um ser orgânico como os que são dotados de vida.

     O que há é número incontável de Espíritos encarregados do seu equilíbrio, harmonia, luz, vegetação, calor, estações, encarnação dos animais e do homem. Isto não quer dizer que esses Espíritos sejam a causa desses fenômenos: eles os presidem, administram como engrenagens de uma administração.

     A Terra progrediu à medida que se formou e progride sempre sem jamais se deter até o momento em que tiver atingido o máximo de sua perfeição. Tudo o que nela é vida e matéria progride ao mesmo tempo, porque à medida que se realiza o progresso, os Espíritos encarregados de velar por ela e seus produtos, progridem por seu lado, pelo trabalho que lhes incumbe, ou cedem lugar a Espíritos mais adiantados. Nesse momento ela chega do mal ao bem, do medíocre ao belo. Deus, criador é a alma do Universo, de todos os mundos que gravitam no infinito, e os Espíritos encarregados em cada mundo, da execução de suas leis, são agentes de sua vontade, sob a direção de um delegado superior. Esse delegado, pertence necessariamente à ordem de Espíritos mais elevados, porque seria injúria à sabedoria divina, crer que ela abandonasse à fantasia de uma criatura imperfeita o cuidado de velar pela realização do destino de milhões de suas criaturas.

     É a coletividade de todas essas inteligências encarnadas e desencarnadas, inclusive o delegado superior que constitui, a bem dizer, a alma da Terra da qual cada um de vós faz parte. Encarnados e desencarnados são abelhas sob a direção do Espírito chefe.

     Esta é a cabeça, os outros os braços.

     Esse Espírito chefe pode encarnar quando recebe a missão: o que ocorre quando sua presença entre aos homens é necessária ao progresso.

      Os Espíritos sempre disseram que alguns entre eles têm atribuições especiais. Agentes e ministros de Deus, dirigem, conforme seu grau de elevação, os fatos de ordem física, bem como os de ordem moral. Assim como alguns velam pelos indivíduos, dos quais se constituem gênios familiares ou protetores, outros tomam sob seu patrocínio reuniões de indivíduos, grupos, cidades povos e mesmo mundos.

     A alma da Terra deve, pois, entender-se como Espírito chamado por sua missão, de dirigi-la e fazê-la progredir, tendo sob suas ordens inumeráveis legiões de Espíritos encarregados de velar pela realização de seus desígnios.

     O Espírito diretor de um mundo deve ser, necessariamente, de uma ordem superior e tanto mais elevado quanto mais adiantado for o mundo.

     O governador espiritual da Terra é Jesus.    (Revista Espírita – setembro/1868, Alma da Terra, e abril/1868 – Formação da Terra).

 

Leda Marques Bighetti – Junho/2019

 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett